CONSULTORIA para IMPLANTAÇÃO do PBQP-H do NÍVEL D ao A

NOVO PBQP-H.COM.BR EM BREVE
O PBQP-H  é pré-requisito para as empresas construtoras aprovarem projetos junto à Caixa Econômica Federal (CEF) para participarem do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) e necessário também para diversas linhas de financiamentos junto a Caixa Econômica Federal e outras instituições de crédito privadas.

Para as empresas construtoras participarem do programa MCMV e financiamentos é necessário além do 'geric', da CEF, que se tenha implantado e certificado no PBQP-H através da norma SIAC em pelo menos no nível D.

O serviço que oferecemos por meio deste site envolve a elaboração da documentação necessária e todo suporte para que a empresa consiga o nivel D do PBQP-H, de forma rápida (até 5 dias), eficiente e sem burocracias.

Trabalhamos neste sistema de forma on line, via e-mail e telefone.

Inscreva-se ou entre em Contato

Esta consultoria tem experiência de mais de 10 anos no PBQP-H, tendo atendido mais de 300 empresas em todo o Brasil, todas certificadas do nível D ao A.

É o maior e mais confiável site de consultorias nesse sistema.

Nosso diferencial desta consultoria é:

- Assistência 24h, mesmo após da entrega do serviço;
- Prazo de acordo com a necessidade do cliente;
- Garantia do nível D do PBQP-H;
- Qualidade do serviço;
- Confiabilidade das informações e no serviço;
- Atendimento Justo e Perfeito;
- Temos mais de 300 empresas atendidas em todo o território Brasileiro, todas certificadas pelo nosso sistema.

Conselho do FGTS libera R$ 1 bi para construção de moradia popular

06/05/2010

Conselho do FGTS libera R$ 1 bi para construção de moradia popular

O Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) aprovou nesta terça-feira a destinação de mais R$ 1 bilhão para o programa Pro-Moradia --voltado para o financiamento de prefeituras e governos estaduais na construção de habitação popular.

Com a decisão, dobrou o volume de recursos para o setor público investir em imóveis destinados a famílias de baixa renda. O conselho decidiu ainda que as cidades e os Estados afetados pelas chuvas terão prioridade para tomar os recursos.

O Ministério das Cidades é responsável pela seleção dos projetos que recebem os recursos do Pro-Moradia. Com a determinação do conselho, áreas em situação de emergência terão preferência na contratação do empréstimo.

Fonte: Folha Online

Juliana Sofia da Sucursal de Brasília

04/05/2010 - 18h50